Diário de viagem – Coxim MS

Coxim, um local espetacular no norte do Mato Grosso do Sul.

Coxim é um municipio  com pouco mais de 33 mil habitantes distribuídos em pouco mais de 6,4 mil quilômetros quadrados situado ao norte do estado de Mato Grosso do Sul, na microrregião do Alto Taquari, no final do corredor do vale do rio Taquari, e tem na pecuária, no comércio, no funcionalismo público e no turismo suas principais fontes de renda.

Arraial de Beliago, Núcleo do Taquari (do Destacamento Militar do Piquiri), São José de Herculânea e Herculânea, além do atual, Coxim, foram os nomes que o município já teve, e prevaleceu ?Coxim?  mesmo por força do uso, pois o termo ?COJIM?, do dialeto Bororó, significando ?PEIXE?, já era amplamente utilizado há tempos para denominar a região por conta do rio de mesmo nome, posteriormente evoluindo para COXIM, que foi base de sustento e abrigo para muitos povos nativos, e posteriormente uma das principais vias (fluviais) de acesso na região para as minas auríferas de Cuiabá, e ainda hoje amplamente utilizado pelas comunidades ribeirinhas da região bem como por turistas de todo o Brasil.

Assim, dada sua importância histórica como ponto estratégico dentro do movimento de expansão territorial brasileiro rumo ao oeste no Século XVIII, principalmente por conta da Rota das Monções, o município consolidou-se como um pólo regional, sendo até os dias atuais considerado um centro regional como, segundo o IBGE, um centro de zona B, categoria na qual se enquadram municípios de pequeno porte, mas que exercem importância regional para outros municípios, distritos e zonas rurais.

Entrecortado por rios e serras, cerrado e pantanais, Coxim esta à apenas cerca de 240 quilômetros da capital estadual, Campo Grande. O município destaca-se naturalmente também por conta de seu clima tropical, com inverno seco, que faz com que a paisagem adquira nuances multicoloridas com a florada dos ipês, a revoada dos pássaros, o espetáculo da piracema, os dias mais que ensolarados e o céu inigualavelmente azul-claro durante mais de 300 dias por ano, fazendo com que o turismo, majoritariamente de pesca, porém com significativo crescimento do ecoturismo nas últimas duas décadas, seja uma realidade muito presente na vida dos coxinenses.

O Pantanal é o maior santuário ecológico do mundo em número de espécies de aves e peixes, e também é tido como a maior planície inundável de água doce do planeta. Em 2000 foi elevado à categoria de Patrimônio Natural da Humanidade como Reserva da Biosfera, e em 2015 considerado o 4º destino mais desejado do planeta por viajantes do mundo todo.

 

 

Cesar Machado
Sou fotógrafo profissional especializado na produção de banco de imagens para Empresas e referência no agronegócio. Obtive três prêmios de jornalismo Amop, Prêmio New Holland e três fotos selecionadas entre as melhores do mundo no Prêmio Obettivo Agricuture - Itália.